Acessibilidade

Como fazer uma vaquinha online para comprar cadeira de rodas? Veja 6 dicas imperdíveis!

Você já parou para pensar quanto custa uma cadeira de rodas? Esse item essencial para proporcionar mais independência a pessoas sem mobilidade nos membros inferiores, em alguns casos, pode ter um preço alto que nem todo mundo pode pagar. Por isso, surgiu a ideia de fazer uma vaquinha para comprar cadeira de rodas!

Mas isso nem é tão novo assim. O que de fato é atual são as vaquinhas online. Atualmente, existe uma série de vaquinhas virtuais, seguras, que podem ajudar na arrecadação de dinheiro para comprar a cadeira de rodas.

No artigo de hoje, portanto, vamos nos dedicar a um passo a passo completo de como escolher a melhor plataforma e como criar a sua campanha.

Como fazer uma vaquinha online para comprar cadeira de rodas?

Se você quer saber exatamente como criar uma vaquinha para comprar cadeira de rodas, então você está no lugar certo. Você consegue começar uma campanha de arrecadação em poucos minutos e, com as dicas que a Ortoponto preparou para você, com certeza será uma campanha bem sucedida! Confira a seguir:

1. Escolha a sua cadeira de rodas

O primeiro passo para fazer a sua vaquinha é, sem dúvidas, escolher a sua cadeira de rodas. Isso porque você consegue saber exatamente o quanto precisa e, assim, não corre o risco de faltar dinheiro para a compra. Além disso, ao saber qual cadeira você pretende comprar, é possível acrescentar o link e/ou a foto na descrição da sua vaquinha e gerar muito mais confiança e transparência para os doadores.

Se você ainda não sabe muito bem por onde começar, não se preocupe. Analise suas necessidades e confira os principais modelos e suas respectivas indicações. Lembre-se de buscar um lugar confiável e optar por produtos com uma boa qualidade. Afinal, a cadeira de rodas será utilizada por um tempo considerável.

Procure por modelos com preços imperdíveis e com o melhor custo-benefício!

Clique aqui e conheça nossa linha completa de Cadeiras de Rodas.

2. Escolha a plataforma ideal

Já decidiu qual é a cadeira de rodas que você precisa? Ótimo! Então o que você precisa agora é escolher uma boa plataforma. Mas atenção! Existe uma série de fatores que precisam ser levados em consideração na hora de escolher o melhor site de arrecadação:

• Suporte e atendimento para dúvidas
• Valores das taxas (da doação e de saque)
• Formas de pagamento aceitas
• Tempo para poder realizar o saque
• Condições de arrecadação

Pode parecer um pouco confuso no começo, justamente pela variedade de sites que fazem isso hoje em dia. Mas a verdade é que considerando esses fatores, você consegue ter uma resposta mais assertiva.

Tome cuidado, pois algumas plataformas têm a opção “tudo ou nada”. Ou seja, se você não bater a sua meta, você perde todo o valor arrecadado. Por isso, fique atento, ok?

Há uma diferença, também, nos descontos de cada doação. Afinal, as plataformas também precisam de dinheiro para manter o site e as redes sociais. Logo, elas costumam cobrar taxas sobre as campanhas.

As plataformas mais conhecidas, hoje, são: Vakinha, Catarse, Abacashi, Kickante e Benfeitoria.

Você também pode buscar reviews no Youtube e checar as ocorrências no ReclameAqui antes de escolher oficialmente qual site de crowdfunding você irá utilizar.

3. Calcule quanto você precisará

Agora que você já entrou no site de cada uma delas e escolheu a sua plataforma, é importante saber o quanto de dinheiro você precisa.

Por isso, veja no site da plataforma como funcionam as taxas e quanto você precisa incluir na sua arrecadação para conseguir cobrir esses gastos e comprar a sua cadeira de rodas.

4. Faça o seu cadastro

Agora que você já tem a sua plataforma e o quanto você, de fato, precisa, é hora de fazer o seu cadastro. Alguns sites facilitam esse cadastro com o login direto do Google ou do Facebook, mas, em geral, ainda é preciso preencher alguns dados a mais.

Você também precisará de uma conta bancária com o seu CPF. Se você não for o titular da conta, você não conseguirá fazer o saque e a transferência. A parte boa é que pode ser uma conta digital, que é bem simples de se abrir. Assim, você não precisa esperar tanto para começar a sua campanha.

Não se esqueça de avaliar, detalhadamente, as modalidades de arrecadação, ok?

5. Capriche na descrição

Esse é um dos momentos mais delicados da vaquinha. Isso porque você precisa ser persuasivo e convencer as pessoas a doar dinheiro para a sua campanha.

Por isso, o primeiro passo é dar uma olhada em outras arrecadações, bem-sucedidas, é claro, para entender um pouco mais sobre a estrutura da sua descrição.

De qualquer forma, há uma dica valiosa: seja sincero! Conte o porquê você está fazendo essa arrecadação, porque você precisa da cadeira e porque não consegue pagar. Conte, também, a sua história de vida. As pessoas gostam de ajudar pessoas e, principalmente, gostam de conhecer histórias. Então aposte no storytelling, mas não minta, ok?

Além disso, é muito importante colocar uma foto sua na descrição e apostar em um título que incentive doações.

6. Compartilhe com os amigos

Com tudo pronto, você já pode compartilhar com os amigos, mas lembre-se de contextualizar o link da doação. Mande uma mensagem personalizada, explicando sobre a campanha e dizendo que você conta com essa pessoa. Não tenha vergonha, amigos são para isso!

Aproveite e peça para eles compartilharem com outros amigos!

Vale a pena fazer campanha de arrecadação?

É muito comum que as pessoas se perguntem se vale a pena fazer uma vaquinha online para comprar cadeira de rodas e, na verdade, a resposta é muito simples: vale sim! Mesmo que você não consiga todo o valor esperado, arrecadando uma parte do dinheiro, te dá a possibilidade de gastar menos dinheiro próprio em uma cadeira de rodas.

Mas não adianta você simplesmente criar a sua vaquinha e deixar ela no ar sem qualquer divulgação. Por isso, considere pedir ajuda para que as pessoas não apenas doem, mas também divulguem. Capriche na sua descrição e na sua história. Grave um vídeo, se possível. Conecte-se com as pessoas! Veja os modelos de campanhas para cadeira de rodas e inspire-se naquelas que deram certo!

Compartilhe sua vaquinha com a gente nas redes sociais também! Inclusive, siga a Ortoponto no Instagram. E por fim, se você gostou desse texto, aproveite e leia também: Acessibilidade no cinema – atores, dicas de filmes e mais!