Saúde

Como cuidar da saúde no inverno? Confira dicas para não ficar doente!

Que o friozinho já chegou você percebeu, certo? Mas, em tempos de pandemia, a dúvida é ainda maior: como cuidar da saúde no inverno? A boa notícia é que você não precisa mais se preocupar com isso, pois reunimos, neste artigo, as melhores dicas para não ficar doente na estação mais fria do ano.

Além disso, você também vai conferir quais são as principais doenças e problemas ocasionados pelo frio, como se proteger e quais são os cuidados mais eficazes no inverno. Sim, é possível passar o inverno inteiro sem adoecer!

Mas antes de dizer tchau para a gripe, resfriado, congestionamento nasal e outros sintomas decorrentes da baixa temperatura, já corra até o Instagram e siga a Ortoponto! Além de conferir mais dicas incríveis de saúde e bem-estar, você ainda acompanha as melhores ofertas da nossa loja!

Tudo certo? Agora pegue uma bebida quente, o seu casaco e, é claro, boa leitura!

Por que ter mais cuidado no inverno?

Ter cuidado no inverno vai muito além de colocar um ou dois agasalhos, um cachecol ou até mesmo uma luva. Isso, com certeza, te deixa mais aquecido, mas, definitivamente, não é o suficiente para manter a sua saúde em dia.

Algumas pesquisas sugerem que doenças como infarto ou AVC crescem entre 20 e 30% durante os meses mais frios do ano. Na prática, isso significa que pessoas idosas, hipertensas, obesas, fumantes, diabéticas e sedentárias precisam ter ainda mais cuidado no inverno.

Além das baixas temperaturas fazerem mal para a pele, a falta de ventilação e de sol tornam o ambiente ainda mais atrativo para a proliferação de vírus e bactérias e impactam diretamente na evolução de doenças respiratórias.

Principais problemas ocasionados pelo frio

Como acabamos de dizer, as doenças respiratórias são as mais comuns no frio, além, é claro, do aumento no número de infartos ou AVCs. No caso das duas últimas, isso acontece porque, com as baixas temperaturas, o corpo entra em um "modo de segurança" para evitar que o nosso corpo perca calor, fazendo com que o coração faça mais força para bombear o sangue e os vasos sanguíneos se contraiam.

As doenças mais comuns no inverno são:

• Gripe
• Resfriado
• Otite
• Rinite alérgica
• Bronquite
• Pneumonia
• Sinusite
Asma
• Dermatite
• Psoríase

Clique aqui e conheça nossa linha de Nebulizadores e Aparelhos de Respiração.

Como cuidar da saúde no inverno?

Cuidar da saúde no inverno vai muito além de colocar mais um conjunto de roupas para se aquecer. É preciso cuidar do nosso organismo por dentro e por fora. Isso significa que você precisa beber bastante líquido e cuidar da pele também.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, as baixas temperaturas no inverno fazem com que o nosso corpo transpire muito menos e, consequentemente, que a nossa pele fique mais seca. E ninguém merece ter a pele ressecada, seja no calor, seja no inverno, não é mesmo?

Mas quando a pele começa a ficar com um aspecto mais esbranquiçado, isso significa que há uma certa desnaturação das proteínas. Para evitar isso, você pode tomar alguns cuidados, como:

Alimentar-se adequadamente: incluindo, em suas refeições, hortaliças, frutas e legumes, além da soja, se possível.

• Ingerir água: a água é fundamental para o nosso corpo diariamente, não importa a estação do ano. Mas, no inverno, é muito comum que as pessoas deixem de lado a ingestão de líquidos e isso, sem dúvidas, é um erro brutal. A água auxilia na hidratação do organismo e da pele. Se você não consegue beber muita água no inverno, tente ingerir chás, por exemplo.

• Utilize hidratante após o banho, mas no banheiro mesmo, já que o vapor que fica após o banho ainda ajuda na penetração do hidratante na pele.

Quer outras informações incríveis para não ficar doente no inverno? Nós também! E, por isso, preparamos as melhores dicas sobre como se cuidar no inverno.

5 melhores dicas para não ficar doente

Depois de ler esse tópico, os invernos nunca mais serão os mesmos! Confira, a seguir, alguns segredinhos para se cuidar durante a estação mais fria do ano:

Mantenha-se aquecido

Sabe o "vai esfriar, leva o casaco" que as nossas mães sempre repetem para a gente antes de sairmos de casa? Então, as mães sabem das coisas! É importantíssimo que você se mantenha sempre aquecido para evitar que o seu corpo entre em uma tensão desnecessária, correndo o risco de gerar problemas bem graves.

Por isso, não deixe de lado o casaco, o cachecol, a touca e até mesmo a luva, se necessário.

Deixe o ar circular na sua casa

Tem gente que ainda acredita que para evitar as doenças de inverno é necessário manter as janelas e portas de casa sempre muito bem fechadas. Mas a verdade é que esse é um verdadeiro mito. É importante fazer o ar ventilar pela casa e a luz também.

Portanto, se você não gosta de deixar a janela aberta enquanto está no quarto, deixe-a aberta antes de ir para a sala.

Tome as vacinas disponíveis

Sim, nós estamos passando por um momento de negacionismo científico assustador, mas não deixe de tomar as vacinas, seja ela a da Covid-19 ou a da gripe. As vacinas são fundamentais para preparar o organismo a lidar com essas doenças, fazendo com que elas sejam bem mais leves ou sequer tenham algum tipo de sintoma.

Ou seja: não importa o que dizem por aí, mantenha a vacinação em dia e acompanhe as campanhas de vacinação.

Durma

Dormir é o melhor remédio. Isso funciona quase sempre. Descansar faz com que o nosso organismo fortaleça o sistema imunológico e, por isso, é tão importante descansar. Nós sabemos que nem sempre é possível ter 8 horas de sono, mas tente diminuir o tempo na Netflix, celular ou computador e invista mais tempo dormindo. Torne este momento uma de suas prioridades!

Organize a casa

Mesmo no frio, mantenha a sua casa organizada e limpa, para evitar que vírus, fungos e bactérias se proliferem no ambiente. Para quem tem doenças respiratórias, uma dica valiosa é, também, dormir com uma toalha molhada ou balde com água no chão. Isso faz com que o ar fique mais úmido e ajuda a evitar esse conjunto de doenças mais comuns do inverno.

E aí, gostou das dicas? Na estação mais fria do ano, todo cuidado é pouco. Por isso, cuide da sua saúde e daqueles que você ama! Aproveite e leia também: "Fisioterapia respiratória: como ela pode ajudar você a respirar melhor".